"Anunciação", pintura de Fra Angelico


SENHORA DA ENCARNAÇÃO


Versão de Carreiras (concelho de Portalegre), recitada por Rosária da Conceição Pedro, nascida em 1926 e falecida em 2008. Declarou tê-la aprendida com seu pai, Manuel Pedro (1887-1958), na infância. Recolhida, em 1985, e transcrita por Ruy Ventura.


Senhora da Encarnação,
Senhora do Verbo Divino,
Deitai-me a Vossa divina bença,
Que eu vou por este caminho
À procura da salvação,
Do Sacramento Divino.
Ó meu Pai todo poderoso,
Filho dum Pai tão amoroso,
Uma alma que me deste
Não a deixeis morrer triste.
Se já Deus te quer levar,
Vai-te confessar.
Quem a souber, que a diga.
Quem a ouvir, qu' àprenda,
Saberá no Dia de Juízo
O bem que lhe pretenda.
Quem esta oração disser
Um ano, dia a dia,
Terá a su' alma tã' pura
C'mà c'roa da Virgem Maria.