terça-feira, 23 de novembro de 2010

PRIMEIRA REPÚBLICA
em Carreiras (Portalegre)






• 1910.11.03





Acta da posse da Comissão parochial / republicana, no dia 3 de novembro de 1910.



No dia 3 de novembro de 1910 na casa das / sessões da Junta de Parochia da freguezia / de Carreiras, concelho de Portalegre, compare- / ceram o reverendo parocho da freguezia e os ci- / dadãos José Martins Tavares, João Alberto Vellez / Tavares, José Climaco Vellez Tavares, João Vellez Sal- / vador e José Inacio Palmeiro Pereira, todos con- / vocados pelo cidadão Excelentissimo Administrador d' este / concelho para o primeiro, na qualidade de an- / tigo presidente da Junta fazer entrega aos se- / gundos do que se achava á sua responsabilidade. / Ás duas horas da tarde, a que foi determinada / pelo senhor Administrador para a entrega, o reverendo pa- / rocho abriu a sessão e apresentando-lhe os com- / missionados a participação legal feita pelo senhor / Administrador da nomeação que para tal car- / go lhes fôra feita pelo Excelentíssimo Governador Civil, imme- / diatamente os convidou a fazer a declaração de / juramento segundo a lei e entregou logo a pre- / sidencia ao cidadão José Martins Tavares, dando / plena posse de tudo a toda a comissão. /

O cidadão José Martins Tavares, tomando a presi- / dencia, disse que ao tomar conta do cargo com / que o senhor Governador Civil o havia honrado esperava / que toda a Commissão o auxiliasse no cumprimento / dos deveres do seu cargo, que elle tinha a peito desempe- / nhar o melhor que pudesse, sempre dentro da lei, da / tolerancia e da fraternidade. /

O vogal José Climaco, em nome de todos os membros / da Commissão, disse-lhe que podia contar com / a boa vontade e leal cooperação de todos dentro / d' aquellas normas. /

O senhor presidente, agradecendo, apresentou a seguinte // proposta, que foi votada por accla- / mação: /

A Commissão Parochial nomeada pelo Excelentissimo Governa- / dor Civil para administrar esta parochia reunida / em sua primeira sessão no dia 3 de Novembro de / 1910: Considerando que a Monarchia desap- / pareceu do territorio portuguez por effeito da glo- / riosa revolução que estalou em Lisboa na ma- / nhã de 4 de Outubro do corrente anno e originou / a implantação da Republica em Portugal a qual / foi proclamada em Lisboa, na Camara Mu- / nicipal, no dia 5 do mesmo mez; /

Considerando que é dever patriotico de todos os portu- / guezes contribuir quanto em suas forças caiba / para o progresso e honra da nossa querida Patria; /

Considerando que o governo provisorio da Republi- / ca é constituido por notabilissimos cidadãos que / pela sua alta envergadura moral e politica bem / merece a confiança e a gratidão dos portuguezes; /

Esta Commissão: /

Saudando todos os patriotas que tão deno- / dadamente se sacrificaram para dar ao seu / paiz a instituição republicana, e lamentando / do coração a perda de alguns portuguezes que / morreram na revolução, destacando os dois insi- / gnes patriotas Candido dos Reis e Miguel Bombar- / da que perderam as vidas ao alvorecer do triumpho / da Republica por que tanto tinham pugnado; /

Promettem servir com dedicação e enthusiasmo / as novas instituições politicas, e esperam com- / fiadamente que ellas hande trazer à nossa / gloriosa Patria o equilibrio financeiro e com / elle a prosperidade de todos os râmos da ins- / trucção, do trabalho e da riqueza do Paiz. /

Depois, o senhor presidente propoz que as sessões or- // dinarias da Junta se realisem nos 2os. e 4os. domin- / gos de cada mez; e mais propoz para vice / presidente da Junta o vogal José Climaco Vellez / Tavares, para secretario o vogal José Ignacio Palmeiro / Pereira e para thesoureiro o vogal João Alberto Vellez / Tavares. Estas propostas foram approvadas por u- / nanimidade. Havendo mais a tratar o Senhor / presidente levantou a sessão da qual, para / constar, se lavrou a presente acta que de- / pois de lida e approvada, vae ser assignada / por todos. E eu José Ignacio Palmeiro Pereira / secretario que a escrevi e assigno. / Carreiras 3 de Novembro de 1910 /

O parocho - Padre Manuel Maria Fernandes /

O presidente da Junta José Martins Tavares /

Os vogaes - Jose Climaco Vellez Tavares

João Vellez Salvador /

João Alberto Vellez Tavares /

José Ignacio Palmeiro Pereira /



(APC/AJP/01, fls. 67 v. a 68 v.)







• 1913.03.02





"O senhor presidente disse ainda que, promovida pelo Seculo / Agricula ia realisar-se no proximo dia 9 do corrente / a festa da arvore em todas as freguezias do paiz, que / sabia que os professores oficiais desta freguezia tinham já / requisitado duas amoreiras brancas e lhe lembraram a / conveniencia de serem plantadas no Adro. Propunha / por isso à Junta que assim se fizesse e que as pequenas / despesas a fazer com a plantação das ditas arvores / fossem custeadas por esta Junta pela verba votada pa- / ra instrução e beneficencia. Aprovador por unanimidade."

(APC/AJP/01, fls. 75)

Sem comentários:

Pesquisar neste blogue

Etiquetas

Arquivo do blogue

CASTELO DE VIDE CONVENTO DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO "Tem esta villa Convento dos Recoletos de sam Francisco fumdado e do...