quinta-feira, 5 de junho de 2008

MARIA FERNANDES PEREIRA

Versão de Carvalhal, freguesia do Salvador da Aramenha (concelho de Marvão), recitada por Maria Josefa Baptista, nascida em 1919. Recolhida por Ruy Ventura em 31.03.2001.

No dia dez de Janeiro houve uma grande paixão:
Maria Fernandes Pereira foi p'ra debaixo do chão.
Seu pai se vestiu de luto com uma grande ternura.
"Filha do meu coração, já lá vais p'rà sepultura!"
Sua mãe dava gritos, que todo o povo esturgia.
"Eras das mais lindas moças que nos Galegos havia."
(E ela era até a mais bonita de todas!)
A sua mana mais velha, que tinha grande paixão:
"Vais gozar a mocidade para debaixo do chão!"
(Fez vinte anos debaixo do chão.)
E a sua mana mais nova tinha grande sentimento.
"Adeus minha querida mana, foste nossa pouco tempo.
Criou-te Nossa Senhora para nossa companhia.
Deixas a nossa família, nunca mais tem alegria."
Coradas, novas coradas, raminho de laranjeira,
("uma flor de laranjeira", tanto faz!)
Tinha grande nomeada Maria Fernandes Pereira.

(A Maria Pereira era moça do meu tempo.)

Sem comentários:

Pesquisar neste blogue

Etiquetas

Arquivo do blogue

JUDEUS E CRISTÃOS-NOVOS DE CASTELO DE VIDE em livro imprescindível O Laboratório de Estudos Judaicos vai editar mais dois volumes...