quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Lenda do tesouro da igreja de São Domingos

(Fortios)



Versão de Fortios (Portalegre), recolhida em finais do século XVI ou princípios do século XVII por Diogo Pereira Sotto Maior (1984) – Tratado da Cidade de Portalegre, (introdução, leitura e notas de Leonel Cardoso Martins), Lisboa, INCM / Câmara Municipal de Portalegre: 42.



[M]e deixeram alguns velhos daqueles montes que se tem por tradição antiga haver naquele lugar (aquém os mouros chamam S. Domingos da Penha) o maior tesouro junto que há no mundo, porque afirmam estarem dous sinos muito grandes enterrados ao pé de ũa figueira alvar, cheios de ouro amoedado […].

2 comentários:

Anónimo disse...

Gracias, Ruy, por compartir estas leyendas. Desde que leí en mis adolescencia las "Leyendas" del gran poeta romántico Gustavo Adolfo Bécquer, son lectura de mi predilección.
Las que tú recuperas son encantadoras, vivas e incluso creíbles. Un abrazo. Angel Guinda.

Ruy Ventura disse...

Obrigado, Ángel. Um abraço!

Pesquisar neste blogue

Etiquetas

Arquivo do blogue

CASTELO DE VIDE CONVENTO DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO "Tem esta villa Convento dos Recoletos de sam Francisco fumdado e do...