quarta-feira, 12 de janeiro de 2011


Portalegre:
parte frontal do que resta do antigo cruzeiro manuelino do Corro
(hoje sobre a capela mortuária do cemitério)

(foto de RV)

Sem comentários:

Pesquisar neste blogue

Etiquetas

Arquivo do blogue

CARTA ABERTA A JOÃO MIGUEL TAVARES Caro João Miguel, Tomo a liberdade de tratar-te por tu. Somos afinal conterrâneos, apesar de ...